Terceiro seminário ARCA Brasil

17/08/2008 by arcabrasil | Filed under Ações ARCA, Cão e Gato, Saúde animal.

Responsabilidade Social e Crescimento Profissionalalém de viável essa combinação traz esperança

ARCA Brasil realiza no próximo dia 17 de setembro o 3º Seminário Veterinário Solidário: Responsabilidade Social e Crescimento Profissional, durante a 7ª edição do Pet South America.

Como se tornar bem-sucedido profissionalmente por meio de ações que visem ao bem-estar e ao controle populacional dos cães e gatos? O Seminário Veterinário Solidário pretende detalhar esta questão durante a terceira edição do evento. Confira os temas:

Leishmaniose: aspectos éticos e legais do atendimento clínico.
Há cerca de 10 anos a ARCA Brasil discute com os setores competentes os caminhos para frear o avanço da Leishmaniose Visceral Canina no país. Essa doença vitimou dezenas de milhares de cães nos últimos anos, muitos deles com suspeita de falso positivo. A Portaria Ministerial Nº 1.429/2008, editada no último dia 14 de julho, proíbe o tratamento da doença, condenando à morte os cães infectados ou doentes. Essa polêmica iniciativa dos Ministérios da Agricultura e da Saúde e a tentativa de sua revogação, lançada pelo procurador geral da república Fernando de Almeida Martins, promete ser um dos assuntos mais quentes do encontro.

- Legislação, defesa dos animais e cidadania:
as novas leis e seus impactos para o profissional de veterinária.
Conhecer essas normas é fundamental para quem cuida dos animais e os defende. As legislações que garantem a proteção daqueles que não têm voz em nossa sociedade são desconhecidas por muitos e até desrespeitada por aqueles que deveriam trabalhar por cumpri-la. O artigo 225 da Constituição Federal determina: “Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações”.

As novas legislações – em particular a lei 14.483/07, que prevê a castração de animais vendidos e até doados –, ou os subsídios públicos – como o último edital para credenciamento de veterinários para atuar em sistema de castração em alto volume – podem ter impacto considerável na carreira do veterinário clínico.

- Controle populacional de cães e gatos: modelos de sucesso na gestão de clínicas que realizam castração em alto volume e preços reduzidos.

Desde a primeira edição do Congresso do Bem-Estar Animal, realizado em 1997 pela ARCA Brasil, quando aconteceu o workshop de técnica cirúrgica de OSH (castração) minimamente invasiva(conhecida hoje como “técnica do gancho”) muita coisa já mudou.

Embora existam cerca de 900 clínicas em São Paulo, os animais castrados na cidade não chegam a 20%, enquanto nos EUA esse número supera os 80%. Hoje é sabido que, entre o conjunto de medidas para enfrentar o problema crônico da procriação descontrolada e o abandono, está a disseminação de técnicas de castração de cães e gatos em sistema de larga escala (alto volume e preços reduzidos).

Esse sistema é factível, conforme demonstrado pela ong há mais de 10 anos, e já praticado em algumas poucas clínicas, de forma segura e tecnicamente perfeita, permitindo ao médico veterinário maximizar tempo e materiais, reduzindo os custos do procedimento. No entanto, o sucesso dependerá da correta gestão do processo.

O 3º evento acontece das 14h00 às 18h30 do dia 17 de setembro, no auditório do Transamérica Expo Center, durante a feira Pet South América e conta com organização da Nielsen Business Media.

Atenção: Evento exclusivo para profissionais e estudantes de medicina veterinária


Tags: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*