ARCA Brasil na WSVA 2009

30/08/2009 by arcabrasil | Filed under Ações ARCA.

Marco Ciampi coordena o painel de bem-estar no maior evento mundial de veterinária e apresenta propostas da entidade para o Brasil

44º Congresso Mundial de Veterinários de Pequenos Animais(WSAVA), realizado em julho de 2009 pela primeira vez no Brasil, foi marcado pela troca de conhecimentos entre médicos veterinários de todo o mundo. No evento, histórico por ter sido a maior edição até hoje, foram apresentadas as técnicas e descobertas mais recentes relacionadas à veterinária.


Marco Ciampi e Marco Antonio Gioso, presidente da Anclivepa-SP, na WSAVA 2009

O painel de bem-estar – considerado um dos mais importantes pelos organizadores do encontro – foi coordenado por Ray Butcher, veterinário inglês, e Marco Ciampi, presidente da ARCA Brasil e possibilitou que especialistas de países com longa tradição em proteção animal, como Inglaterra, Bélgica e EUA, dialogassem com veterinários de países em desenvolvimento, que enfrentam realidades adversas.

Ray Butcher: o papel do
veterinário no bem-estar animal .

Um dos temas principais foi o controle populacional, aliado à rotina do médico veterinário (com apresentações do inglês Ray Butcher, da norte-americana Julie Levy e de Marco Ciampi, da ARCA Brasil). Em países como a Inglaterra e os EUA, além de uma participação ativa do poder público, as entidades de classe se envolvem com a questão, colocada aos profissionais desde a sua formação e encarada como um componente da profissão. Lá é comum que médicos desenvolvam trabalhos voluntários.

No Brasil, a receita para se chegar ao cenário ideal é praticamente a mesma: programas de castração, identificação e registro de animais, adoção ao invés da compra e o exercício da posse responsável. No entanto, ainda é tímida a participação dos órgãos públicos e da classe médica, elemento chave para conscientizar a população. O programa Veterinário Solidário – ao reunir profissionais e proteção dos animais – foi elogiado como um possivel modelo a ser aplicado em países do hemisfério sul. Marco Ciampi fala o apoio ao profissional que decide não virar a cara para a realidade do seu país: “A ARCA Brasil sempre teve no veterinário o principal parceiro em seus projetos e eventos e por isso criamos um programa que leva subsídios a esses profissionais sensíveis, mas não alienados, o equilíbrio entre compaixão, ciência e os aspectos de mercado.

A. Belotto durante palestra.

Outros assuntos, como as conquistas e os desafios das zoonoses no Brasil e na America Latina e o papel do veterinário no controle da Raiva e Leishmaniose foram trazidos por Albino Belotto, que também falou sobre a mudança de postura do poder público. “Antes o enfoque era radical e se adotava a política de eliminação. Hoje a própria sociedade mudou e a saúde atua claramente na prevenção”, falou Albino, diretor do Centro Pan-americano de Febre Aftosa (Panaftosa).

Tiny De Keuster, veterinária belga, falou da prevenção e do impacto das mordedura de cães. Medidas educativas, principalmente envolvendo crianças, além de impedir acidentes, promove uma melhora na imagem dos animais na sociedade e diminui o abandono, refletindo diretamente no bem estar dos bichos.

Foto por Franz Yoshitoshi.

Veterinários assistem palestra lotada no telão na WSAVA 2009.

Na platéia, figuras conhecidas da área como a Dra. Rita Garcia, ex-diretora da ARCA Brasil e atual Coordenadora do Programa de Proteção e Bem-estar da prefeitura de São Paulo e Mônica Almeida, ex-voluntária da ARCA e atual veterinária da WSPA.

Os Veterinários Solidários foram homenageados durante a palestra de Marco Ciampi:


Dra. Irvênia Prada.


Dr. Edgar Luiz Sommer.


Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*