Férias de julho: conforto e segurança para a bicharada

11/07/2012 by arcabrasil | Filed under Cão e Gato, Dicas/ Lazer.

Hoteizinhos para animais são cada vez mais procurados. Conheça dois exemplos e veja o que levar em consideração na hora da escolha

Por Bruno Schuveizer

Passaporte comprado, malas feitas, família reunida. Tudo certo para aquela viagem planejada há um bom tempo. Mas e o Totó? Se levar o peludo pra curtir o passeio não está nos planos, não há mais motivos para recorrer à sogra. Hotéis para animais, além de hospedar o seu Pet, oferecem opções de lazer, alimentação adequada e acompanhamento veterinário.

Há opções para todo tipo de bolso. Desde os mais simples, em residências, aos mais luxuosos, que oferecem serviço completo de lazer e cuidados médicos para seu melhor amigo.

Helena Pinheiro, dona do Gaia Dog House – a casa dela – no Tatuapé-SP, acolhe até seis cães por vez e não tem do que reclamar. “Eles se comportam muito bem, não ficam em baias, gaiolas etc. Sempre soltos, junto de nós o tempo todo, brincamos de bola, de correr, de pular, passeamos. O que os nossos amiguinhos mais precisam é de companhia, principalmente dos humanos”, conta.

“O dono traz a alimentação do animal, o seu brinquedo a sua caminha etc. Fazemos o passeio diário com ele e dispomos de assistência veterinária, se houver necessidade”, diz Helena.

Dog World, hotel e escola de agility, localizado em Cotia-SP, é uma verdadeira colônia de férias para os bichos. Conta com monitores capacitados, assistência veterinária e muito espaço para diversão. O seu mascote é ranzinza ou não está acostumado com a companhia de outros bidus? Não se preocupe, ele passa por um processo de socialização.

Cães no Dog World - Foto: Divulgação

De acordo com a veterinária da ARCA Brasil, Fernanda Kerr, é importante conhecer o local antes de decidir. “O ideal é hospedar o animal antes para ver como ele se comporta. Mas, caso não seja possível, é recomendável visitar o hotel. Ouvir recomendações de amigos e de veterinários do pet shop que frequenta também ajuda”, alerta.

Gaiolas podem ser utilizadas, mas como acessório complementar no manejo e de forma controlada. É recomendável que fiquem soltos pelo menos durante o dia para evitar estresse. Também é interessante ver se o espaço oferece riscos para o animal.

Fernanda lembra ainda que cadelas no cio não devem ser hospedadas em hotéis, pois o risco de acontecer um ‘acidente’ é grande.

Bons hotéis devem pedir carteirinha de vacinação completa e atualizada, além de fazer uma avaliação veterinária e aplicar anti pulgas antes da hospedagem.

Escolher bem o hotel significa a segurança e bem-estar do seu amigão, não poupe esforços e garanta a felicidades de todos da família nessas férias.

Tendência
Hoteizinhos para pet podem ser considerados uma tendência.  O mercado está aquecido e os peludos recebem cada vez mais atenção. O retorno é certo quando os critérios de qualidade são garantidos.

”Os humanos estão progredindo e dedicando mais atenção e recursos aos seus pets, retribuindo assim o amor que nos oferecem.”, acredita Helena Pinheiro.

Com cada vez mais lugares para hospedar os peludos e com preços para todos os bolsos, não tem mais desculpa para deixá-los sozinhos nessas férias.

Obs.: As dicas acima têm como objetivo ajudar na hora de hospedar seu pet. Denúncias e ocorrências devem ser encaminhadas ao CRMV do estado e CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) ou similar da cidade.


Tags: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*