Doe Agora

BUSCA:

 

Alimentação dos Cães


Oferecer uma nutrição adequada é garantia de uma vida mais saudável ao seu cão.

Os cães devem ser alimentados com ração. Elas trazem todos os nutrientes que os cães precisam de forma balanceada e propiciam uma melhor absorção.

 

A alimentação caseira (comida) também é permitida, desde que seja preparada para o cão sob a orientação do veterinário, porém a ração é a opção mais adequada, mais prática e muitas vezes a mais econômica.

A ração do seu cão deve ser escolhida criteriosamente, de acordo com idade, porte e atividade do cachorro.

Atualmente existem rações para filhotes, adultos, idosos, light, alta performance, etc. Além desses critérios, algumas marcas diferenciam pelo porte: mini, pequeno, médio, grande e gigante.

Esse cuidado da indústria traduz a diferença das propriedades nutricionais que cada fase da vida ou porte do cão necessita. No caso de dúvida, não deixe de pedir orientação ao veterinário ou atendente do pet shop.

Outra vantagem da ração seca em relação à alimentação caseira é a formação de tártaro dentário. Rações secas minimizam a formação do tártaro enquanto comidas caseiras tendem a aumentar a sua formação.

O número de refeições diárias é bastante importante. O filhote após desmame deve comer 4 porções diárias para evitar longos períodos de jejum. Após 3 a 4 meses, pode-se diminuir para 3 vezes e quando adulto 2 refeições.

É importante lembrar que independentemente do número de porções que seu cão coma ao dia, a quantidade deve ser a especificada na embalagem do produto. Essa quantidade varia conforme a ração e também a idade do animal, portanto sempre siga as recomendações. Os cães não devem comer de menos, nem de mais. A alimentação em excesso pode trazer sérios riscos à saúde de seu cão, que além de obeso, poderá sofrer de diabetes, problemas cardíacos, problemas articulares, de locomoção, etc.

Petiscos e guloseimas próprios para cães podem ser oferecidos de forma moderada, se não houver restrições do médico veterinário.

Jamais ofereça comida ou petiscos humanos. A comida humana é deficiente para a dieta dos cães e contém condimentos e outras substâncias que podem causar distúrbios gástricos e até intoxicações.

A água deve ser abundante e sempre fresca. Assim como a comida, deve ser disposta em lugares sombreados e sossegados.

 

 

 

 

 

 



Cadastre-se e receba informações da ARCA:

NOME:

E-MAIL:








Reprodução de conteúdos
Estimulamos a reprodução de nossos conteúdos, desde que na íntegra, com créditos para a ong, ao autor (quando houver) e link para o site da ARCA notificando para arcabrasil@arcabrasil.org.br Edições de texto devem ser previamente consultadas. Não é permitida a reprodução de fotos.