Doe Agora

BUSCA:

 

Alimentação dos Gatos


Oferecer uma nutrição adequada é garantia de uma vida mais saudável ao seu gato.

Os gatos devem ser alimentados com ração. Elas trazem todos os nutrientes que os gatos precisam de forma balanceada e propiciam uma melhor absorção.

 

A alimentação caseira (comida) é permitida somente sob a orientação do veterinário. A ração é a opção mais adequada, prática e muitas vezes a mais econômica.

A ração do seu gato deve ser escolhida criteriosamente, de acordo com a idade, atividade diária e se ele está castrado ou não.

Atualmente existem rações para filhotes, adultos, idosos, light, pêlo longo, indoor, raças específicas, castrados, etc.

Esse cuidado da indústria traduz a diferença das propriedades nutricionais que cada fase da vida ou grau de atividade do gato necessita. No caso de dúvida, não deixe de pedir orientação ao veterinário ou atendente do pet shop.

Prefira a ração seca que minimiza a formação do tártaro enquanto rações úmidas e comidas caseiras tendem a aumentar a sua formação.

Na natureza, um gato adulto se alimenta de pequenas presas que caça por instinto. Seu consumo é dividido em numerosas refeições pequenas, podendo chegar de 10 a 20 em um período de 24 horas.

Este é o comportamento de todos os gatos, mesmo os que vivem em apartamentos e, por isso, é essencial para seu equilíbrio manter o alimento sempre à sua disposição. Porém coloque sempre pequenas porções para que o alimento não fique muito tempo exposto no ambiente.

É importante lembrar que seu gato deve comer por dia a quantidade especificada na embalagem do produto. Essa quantidade varia conforme a ração e também a idade do animal, portanto sempre siga as recomendações.

Os gatos não devem comer de menos, nem de mais. A alimentação em excesso pode trazer sérios riscos à saúde de seu gato, que além de obeso, poderá sofrer de diabetes, problemas hepáticos, cardíacos, de locomoção, etc.

Petiscos e guloseimas próprios para gatos podem ser oferecidos de forma moderada, se não houver restrições do médico veterinário.

Jamais ofereça comida ou petiscos humanos. A comida humana é deficiente para a dieta dos gatos e contém condimentos e outras substâncias que podem causar distúrbios gástricos e até intoxicações.

A água deve ser abundante e sempre fresca. Gatos adoram água corrente, por isso o melhor recipiente de água para eles são as fontes ou bebedouros de água corrente. Mas, se não for possível providenciar um, deixe a água a vontade, sempre limpa em um recipiente largo e raso.

Assim como a comida, deve ser disposta em lugares sombreados e sossegados.

 

 

 

 

 

 



Cadastre-se e receba informações da ARCA:

NOME:

E-MAIL:








Reprodução de conteúdos
Estimulamos a reprodução de nossos conteúdos, desde que na íntegra, com créditos para a ong, ao autor (quando houver) e link para o site da ARCA notificando para arcabrasil@arcabrasil.org.br Edições de texto devem ser previamente consultadas. Não é permitida a reprodução de fotos.